agosto 23, 2010

Lua vazia de curso ou Feral




Todo planeta que está isento de aspectos com outros planetas, estando isolado na sua posição é considerado vazio de curso ou Feral. Considera-se essa posição, seja para a Lua, seja para os planetas, como solta, sem firmeza ou estabilidade. O mesmo é interpretado em Astrologia Horária e com os trânsitos de um dado momento cósmico, designando falta de objetivos ou de finalidade.

Lua vazia de curso ou Feral

A Lua vazia de curso não é um fenômeno pessoal, mas um aspecto que se forma entre a Lua e os planetas e atua de forma coletiva. Ocorre quando a Lua não faz nenhum aspecto maior com planetas antes de sair de um signo até entrar no signo seguinte. Os aspectos considerados para a Lua vazia de curso são a conjunção, oposição, quadratura, trígono e sextil e os aspectos formados com os Nodos da Lua, Lilith e Quíron são ignorados. Essa fase termina com o ingresso da Lua no signo zodiacal seguinte.

O conceito da Lua vazia de curso foi originalmente introduzido pelo astrólogo William Lilly no século 17. Ele afirmava que o período em que a Lua ficava vazia de curso era adverso a atividades e decisões importantes. Entretanto, Lilly presumia que esses períodos poderiam ser favoráveis quando a Lua estivesse em Touro, Câncer, Sagitário ou Peixes, onde os planetas Júpiter e Vênus têm regência ou exaltação. A duração da Lua vazia de curso pode variar desde breves minutos até dias.

Para alguns astrólogos, o período da Lua vazia de curso deve ser usado para descanso, relaxamento, meditação, introspecção, diversão ou para tarefas rotineiras. Não é favorável para decisões importantes, para fechar negócios, realizar mudanças de casa, reuniões importantes ou atos em que se espere um desfecho positivo, iniciar novos projetos, assinar contratos, adquirir bens ou carro e imóveis, comprar roupas e sapatos, lançar algum empreendimento imobiliário, abrir negócios de longo alcance, iniciar uma empresa, lançar uma loja ou escritório, realizar acordos, participar de audiência judicial, abrir processo judicial, vender carro, casa e qualquer outro objeto.

Todas as ações empreendidas, enquanto a Lua está fora de curso, por alguma razão sempre falham em seus resultados planejados ou pretendidos. A Lua fora de curso influi nos resultados tornando os assuntos com imprevistos posteriores ou não tem resolução definida. A astróloga norte-americana Donna Cunningham diz que quando não se quer resolver um assunto, trate-o durante a Lua fora de curso, pois o assunto não se desenvolve.

Durante os períodos da Lua fora de curso deve-se evitar:
  • Cirurgias, pois os resultados podem ser bem diferentes do esperado e talvez seja necessário refazê-la.
  • Decisões importantes ou atividades dos quais esperamos desdobramentos futuros, pois podem ter resultados inesperados e não atender as expectativas
  • Ações empreendidas são um desperdício de tempo, pois não dão resultados ou são incorretas e inapropriadas.
  • Planejamentos, pois os assuntos podem não se desenvolver como o esperado, ou se basear em falsos julgamentos ou não trazer nenhum resultado.
  • Compras podem ser frustantes ou nos arrependemos posteriormente, pois pode comprar artigos que não lhe servem ou que apresentam defeitos, e ainda gerando grande desgaste para desfazer da compra.
Lua vazia de curso no mapa natal

Morin de Villefranche em sua Teoria das Determinações cita que o planeta sem aspectos pressagia qualquer coisa de insólito ou extraordinário com relação aos significados da Casa em que se localiza. Esta força pode se tornar uma qualidade singular da personalidade do tipo uraniana envolvendo o setor do mapa onde se encontra.

A expressão de um planeta solto é autônoma e a sua função e qualidades podem manifestar-se com força, mas divorciada de outras forças planetárias, tornando-se um rasgo marcante da personalidade que se manifesta de forma particular e inesperada. Pode permanecer desligada, apagada e se manifestar de maneira inesperada, por exemplo, quando o planeta solto é ativado por um planeta em trânsito. O planeta solto é especialmente sensível aos aspectos com os planetas em trânsito ou progredidos e são períodos importantes para identificar melhor o planeta solto e equilibrar a sua energia buscando a sua integração com o resto do mapa.

Em geral, a função associada ao planeta solto vai contracenar fortemente com o resto do mapa, e dessa dinâmica pode surgir uma tensão que gere sofrimentos a não ser que a situação seja conscientizada e conquistada a integração do planeta solto com o resto do mapa. Em dependência do estado cósmico do planeta, se estiver dignificado ou debilitado, a situação pode melhorar ou piorar. A casa ocupada pelo planeta solto deve ser bem estudada para entender sua dinâmica diferente submetida a imprevissibilidade de manifestação do planeta solto. Os aspectos por transito, progressão, revolução, eclipses ou lunações ativam o planeta solto, ajudando a expressar suas potencialidades e promessas enquanto o trânsito durar.

Quando a Lua está numa situação feral, sem nenhum aspecto maior a outros planetas, sugere dificuldade em identificar as próprias emoções ou em se envolver emocionalmente; uma personalidade descuidada consigo mesmo e com os outros ou compulsiva em cuidados; se sentir instável e vulnerável emocionalmente com dificuldade de se conectar emocionalmente e de se cuidar ou se nutrir com adequação. A lua revela o modo como integramos as emoções e os afetos e representa também o instinto, o passado, o ambiente familiar. Quando a lua não forma aspectos, indica dificuldades em relacionar-se afetivamente, podendo ser frio e distante, correndo assim o risco de perder um dos aspectos mais importantes da vida e mergulhar na solidão.

Lua vazia de curso na Astrologia horária

O uso mais frequente da lua vazia de curso é na astrologia horária, que é o ramo da astrologia que responde perguntas concretas. Uma pergunta horária refere-se ao futuro e quando a Lua não faz aspectos maiores com outros planetas, embora seja apenas um dos aspectos da questão, pode indicar dificuldades na resolução. Outro aspecto da lua vazia de curso diz respeito à sinceridade de quem faz a pergunta, por vezes omitindo ou mentindo sobre alguns detalhes importantes da questão. Nesse caso, é possível que a Lua esteja significando exatamente a falta de dados que possa realmente dar um significado à questão ou não é tão importante aquela resposta para a pessoa, ou nada advirá sobre o assunto.

Lua vazia de curso em 2010

LFC Agosto/2010

03 - 8:00 as 11:00
05 - 18:30 às 21:30
08 - 03:00 às 5:00
10 - 7:00 às 08:40
12 - 8:50 às 10:00
14 - 7:30 as 10:30
16 - 10:30 às 11:30
18 - 11:30 às 14:30
20 - 20:30 às 21:00
23 - 2:00 às 6:00
25 - 11:30 às 16:40
28 - 00:30 as 5:00
30 - 00:30 às 18:00

LFC Setembro/2010
02 - 1:00 as 5:30
04 - 9:30 as 14:00
06 - 18:30 às 19:00
07 - 15:30 às 20:30
10 - 16:00 as 20:00
11 - 21:00
12 - até 20:00
14 - 17:00 as 21:30
17 - 2:15 as 2:45
19 - 11:00 as 11:30
21 - 22:00 as 22:30
24 - 05:30 as 11:15
26 - 23:00 as 24:00
29 - 05:30 as 11:40
30 - 20:15 as 21:30

LFC Outubro/2010
03 - 2:30 as 4:00
05 - 5:30 as 7:00
07 - 5:00 as 7:00
09 - 6:00 as 6:15
11 - 2:00 as 6:30
13 - 9:00 as 10:00
15 - 16:00
16 - durante todo dia
17 - até 17:30
18 - 02:00 as 5:00
20 - 10:00 as 17:30
23 - 2:30 as 6:00
25 - 10:00 as 17:30
28 - 00:00 as 3:30
30 - 7:30 as 11:00
31 - 20:00 as 21:30

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por sua visita ao blog; desde já agradeço seus comentários. Ou mande-me um email: lu_ou_lucia@hotmail.com

Related Posts with Thumbnails

Follow by Email

Quero acompanhar este blog

Pesquisar este blog