agosto 06, 2010

Vertex



O Vértex é um ponto como se fosse um segundo descendente. Faz parte dos pontos importantes do mapa e indica um grande acontecimento, que pode trazer satisfação mas sempre tem um caráter impeditivo. O Vértex está relacionado ao destino dos relacionamentos, à atração fatal, o amor e o ódio em uma relação; paixões a primeira vista; relacionamentos temporários que trazem aprendizado, experiências adquiridas através dos relacionamentos e um contato de opostos.

Também chamado de ponto leste, funciona como se fosse um outro ascendente. É o ascendente equatorial porque representa o ascendente se a pessoa tivesse nascido no Equador. Quando está na casa 1 a pessoa é auto centrada, é extrovertida; estando na casa 12 a pessoa é introspectiva.

O Vértex foi descoberto pelo americano Lorne Edward Johndro e segundo ele, todo corpo na terra teria um componente magnético e um componente eletrostático. Dessa forma, o mapa natal teria o ascendente tradicional, que é magnético, e outro ascendente elétrico, que é o Vértex. Isso explicaria a natureza dos seres humanos.
  • O ascendente tradicional, magnético, seria usado voluntariamente quando a pessoa utiliza os potenciais do seu signo ascendente para se posicionar no mundo e atrair experiências que dependem de sua vontade e razão.
  • O ascendente elétrico, o Vértex, é involuntário e atrai experiências à pessoa, independente de sua vontade ou razão.
Renzo Baldini (www.renzobaldini.it) no estudo apresentado no Congresso de Barcelona, destacou que o Vertex é o ascendente da nossa personalidade inconsciente, a identidade da nossa alma. Este enfoque explica porque para calcular o Vértex, o Fundo do Céu é tomado como Meio do Céu. Ele admite a possibilidade dos encontros do destino estarem ligados ao Vértex e acrescenta que o ponto pode servir para a análise de uma possível desordem de conduta assim como alguma psicopatologia. Porém não pretendo abordar esse aspecto porque foge do propósito deste estudo.

James Eshelman utiliza o Vértex nas Revoluções Solares que explicaria porque podemos nos encontrar numa situação caótica mesmo sem tê-la provocado voluntariamente. O Vértex é considerado o ângulo mais impessoal da carta, não consciente e involuntário, e tem relação com os encontros inevitáveis do destino, tipo atração fatal, que são mais estudados nas sinastrias amorosas. O Vértex tem conotação com a Casa 7 porque ele se refere a outras pessoas, encontros e associados que surgem inesperadamente em nossa vida e para a qual somos atraídos de uma forma irresistível.

Nas Sinastrias normalmente analisamos a atração que se dá entre duas pessoas pela posição: SOL – Sol com Lua; Sol com Vênus; Sol com Urano; Sol com Plutão LUA – Lua com Vênus; Lua com Urano; Lua com Netuno; Lua com Plutão VÊNUS – Vênus com Marte; Vênus com Urano; Vênus com Netuno; Vênus com Plutão. Através do ascendente de cada um e seus regentes interpretamos o amor e afeto entre o casal e através do descendente de cada um, analisamos o vínculo do relacionamento, a responsabilidade de um parceiro para com o outro. Daí podemos analisar todos os aspectos entre os ascendentes e descendentes e dos regentes entre si. O equilíbrio dos temperamentos é de acordo com os elementos, e a durabilidade do relacionamento é através dos aspectos de Saturno. Ao sobrepor os dois mapas encontramos como as energias atuam entre os parceiros. Esses aspectos aparecem também no mapa composto, que é quando criamos um único mapa do relacionamento.

O Vértex aparece nos mapas individuais, principalmente entre as casas 4 e 10 e funciona principalmente quando encontramos o vértex de um em aspecto com um ponto ou planeta no mapa do outro. Por exemplo: Vértex do mapa 1 quadrado no mapa 2 ao Vértex, ascendente, aos planetas, inclusive os transpessoais, Casa 7 e Casa 10. O Anti-Vértex, que é o ponto oposto ao Vértex, tem conotação com a casa 1. Planetas em aspecto com o eixo Vértex - Anti-Vértex, são considerados altamente acentuados, porém sua manifestação ocorre de forma totalmente inconsciente.




Nos relacionamentos amorosos, a sensação é de reencontro; a atração é magnética, sexual e, principalmente, irresistível. E o mais importante, os padrões usuais de atração física, moral, intelectual, social e espiritual de um parceiro pelo outro, normalmente não combinam. São tipos de pessoas que nos atraem embora não tenham nenhuma característica que normalmente apreciamos ou sejam até mesmo contrárias. Esse primeiro encontro é de profunda emoção como se conhecessem.

A alma se sente em alegria como se fosse um reencontro de alguém a quem muito amou num passado distante. No entanto é sempre um relacionamento que encontra inúmeros impedimentos para sua concretização. Ou eles são muito jovens, ou há uma diferença de idade muito grande, ou um deles é casado etc. E mesmo que tentem desafiar os impedimentos para ficarem juntos, sempre ocorrerá algo do destino para separá-los.

Quando há prosseguimento do relacionamento, estando os dois desimpedidos para levá-lo adiante, sempre existe algo que os impede de se encontrar, como por exemplo, um defeito no carro, uma tempestade que inunda a cidade, um engarrafamento de transito, uma doença, um dos dois pode ser transferido de cidade ou de país devido a um trabalho ou estudo etc. E se um dos dois é casado e se divorcia para prosseguir o relacionamento, quando estão juntos, o relacionamento não dá certo.

Os encontros de Vértex também podem ocorrer nos relacionamentos familiares e com amigos, sem nenhuma conotação sexual, e quase sempre nos relacionamentos homossexuais. Os relacionamentos amorosos de Vértex podem ser comparados aos aspectos Vênus e Plutão, a diferença é que eles ocorrem entre pessoas que não tem esse aspecto no mapa, necessariamente.

Tratando os relacionamentos de Vértex como reencontros cármicos pode-se dizer que o planeta em aspecto com o Vértex do outro simbolizam:
  • Sol - pai, marido, sogro ou um superior hierárquico
  • Lua - mãe, esposa, amigas, grupos, lar, casa e a família.
  • Mercúrio - irmãos, filhas, amante e amigas
  • Vênus - irmãs, filhas, amante e amigas
  • Marte - amantes ou parceiros sexuais.
  • Júpiter - tios, protetor ou curador
  • Saturno - avós, antepassados e velhos da família
  • Urano - amigos e parentes.
  • Plutão - médico, curandeiro, mago, pajé, padre, mestre, guru, dentista etc.
O Vértex nas casas astrológicas podem simbolizar o local onde se dará esse encontro, que tem relação com os assuntos da casa. Também é importante a localização do regente desta casa que complementa as situações:
  • Na 1a. casa: Numa situação em que estivesse se apresentando como ator, professor, palestrante etc
  • Na 2a. casa: Em locais onde estivesse tratando de valores e dinheiro etc.
  • Na 3a. casa: Em cursos, escolas, apresentado pelos irmãos ou vizinhos, ou é um vizinho, em um estúdio de tv, numa palestra, através da internet e meios de comunicação etc.
  • Na 4a. casa: Através de um encontro da familia, ou dos pais, ou numa situação onde estivesse tratando de bens imobiliários, reforma ou construção de casa etc.
  • Na 5a. casa: Durante as férias ou em locais de divertimento, através de hobbies em comum, apresentado por um filho etc.
  • Na 6a. casa: No ambiente de trabalho, consultórios médicos e odontológicos, apresentado pelos tios ou pelo inquilino.
  • Na 7a. casa: Apresentado pelo marido ou esposa; pelo médico, dentista, terapeuta, sócio, advogado.
  • Na 8a. casa: Em locais de investimento, em um grupo de ocultismo; em funerárias ou durante um velório etc.
  • Na 9a. casa: apresentado por professor, um colega da faculdade, guia religioso, estrangeiro, professor de língua estrangeira, numa firma de importação e exportação, numa agência de viagens ou durante viagens, ou numa faculdade.
  • Na 10a. casa: apresentado por um chefe, um político, um grande empresário.
  • Na 11a. casa: apresentado por amigos, ou num grupo de estudo, ou através de enteados ou associação de classe.
  • Na 12a. casa: num ambiente hospitalar, asilo, creche, mosteiro e em locais onde se pratica ocultismo.
Na astrocartografia pode revelar um local que exerce grande atração para a pessoa ou onde pode ocorrer um encontro de Vértex. Algumas vezes a pessoa nem precisa ir àquele local pois algo ocorre inesperadamente que a coloca em contato com aquele ponto do Vértex.

Na revolução solar quando o ascendente da RS encontra o Vértex do ano, algo insólito acontece. Nos trânsitos, os aspectos de júpiter, saturno, urano, netuno e plutão ao Vértex, também revelam acontecimentos importantes e inesperados, algo que poderia ser traduzido como obras do destino. Porém é um ponto que depende ainda de muito estudo para comprovar sua atuação, embora em muitas situações que ocorrem, exista fortes ligações relacionadas ao Vértex.

Um comentário:

  1. Meu Deus! Cara Lúcia, muito muito obrigada por tanto insight que me trouxe a leitura deste seu texto sobre o Vertex!

    Ainda não estou em mim.

    Bem Haja

    Com carinho e Luz*

    Susana Vitorino

    ResponderExcluir

Obrigado por sua visita ao blog; desde já agradeço seus comentários. Ou mande-me um email: lu_ou_lucia@hotmail.com

Related Posts with Thumbnails

Follow by Email

Quero acompanhar este blog

Pesquisar este blog

Carregando...