outubro 09, 2010

Ceres




Ceres é um planeta anão que se encontra no cinturão de asteróides, entre Marte e Júpiter. Apesar de estar relativamente próximo da Terra, pouco se sabe sobre Ceres, e a sua superfície é enigmática. Na mitologia romana, Ceres equivale à deusa grega Deméter, deusa das colheitas e do amor maternal. Ensinou a arte de cultivar a terra aos seres humanos e também a colher o trigo e fabricar o pão.

Alguns teóricos acreditam que os asteróides como um todo representam Virgem, o signo cujos nativos por vezes se perdem nos fragmentos, que esses pedaços errantes constituem os diversos fragmentos do feminino que buscam a reunificação; mas sempre conseguem juntar todos os pedaços para fazer um todo. O aspecto de Ceres relacionado ao trabalho da terra, vinculado a Virgem, pode indicar uma área onde a pessoa deve trabalhar para usufruto alheio e normalmente cercada por eventos ligados a rituais, religião ou espiritualidade que impõe provas e testes.

Seu simbolismo confere uma tonalidade mais nítida ao tipo de nutrição que somos capazes de dar a nós mesmos e aos outros. Em uma posição proeminente, revela as mulheres cuja profissão ou tendência natural na vida é de ser sempre a Grande Mãe, muitas vezes reforçada por uma posição forte da Lua no mapa.

Alguns estudiosos associam o poder de Ceres também a um elemento caseiro, de intimidade, de autonutriçao e a transformação da mulher que acompanha a transformação do tempo e da natureza. A relação de Ceres com os mistérios marca a reverência do ser humano com os mistérios da vida e da morte. Aspectos de planetas violentos como Marte ou Plutão podem significar a proximidade a eventos trágicos na vida, como cenas de violência doméstica, normalmente associadas a perda da virgindade ou falecimento de pai ou mãe de maneira violenta.

A posição por signo dá indicações a respeito da forma como foi cuidada por sua mãe na infância; e as atitudes e capacidade pessoal de nutrição nos termos familiares e consigo próprio. A casa astrológica que ocupa, indica uma área em que a pessoa cuida mais, e é capaz de abandonar outras funções e tarefas para tratar dos assuntos dessa casa.

Ceres procria e sua filha representa a primavera e a colheita. Esse simbolismo básico da procriação pode ser encontrado em mapas onde o asteróide Ceres está em proeminência: posicionada nas casas 10, 4, 7 ou no Ascendente ou Meio-Céu, ou em conjunção com o Sol ou a Lua. Planetas como Vênus e Júpiter em boa posição com Ceres normalmente indicam uma proteção maior durante os anos que necessitam de mais cuidado na infância.

A posição de Ceres no mapa pode afetar de maneira significativa a capacidade de uma pessoa para criar e manter uma relação saudável consigo mesma. O glifo de Ceres é o glifo de Saturno invertido. Ambos são relacionados à paternidade e ambos podem potencialmente desenvolver relacionamentos possessivos, dominantes ou estranguladores com seus próprios filhos. Com frequência, Ceres no mapa se manifesta como a área em que a pessoa pode se tornar muito protetora e maternal, ou adotar o papel de zelador naqueles aspectos da vida.


Mitologia de Ceres

Vide meu blog: Mito de Deméter

http://eventosmitologiagrega.blogspot.com


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por sua visita ao blog; desde já agradeço seus comentários. Ou mande-me um email: lu_ou_lucia@hotmail.com

Related Posts with Thumbnails

Follow by Email

Quero acompanhar este blog

Pesquisar este blog