setembro 28, 2012

Planetas Peregrinos


Cada signo tem um planeta regente, ou seja, ali é o seu território ou domícilio onde ele controla, governa e impõe regras a qualquer planeta, lote ou pontos que estejam em seus domínios. Quando um planeta está domiciliado ele tem liberdade e autoridade em sua expressão, podendo agir independente de outras influências. Promete coisas duradouras, permite atuar com eficiência e dá continuidade nos assuntos que ele representa.

Alguns signos tem planetas em Exaltação que, mesmo sendo de menor autoridade do que o regente do signo, é capaz de utilizar seu potencial muitas vezes até de uma forma mais refinada do que age em seu próprio domicílio. Por isso permite atuar de modo eficaz onde coloca suas virtudes e pode produzir grandes e inesperados eventos.

Mas quando um planeta ocupa um signo que esteja oposto ao seu domícilio diz-se que está em Exílio ou Detrimento. Nessa condição o planeta estará contrário ao seu próprio signo ou casa e portanto tem sua força de atuação reduzida ou até anulada.

Também quando um planeta ocupa o grau de um signo ou casa que esteja em oposto ao signo ou casa de sua exaltação diz-se que está em Queda, sendo esta talvez uma de suas piores condições, pois tem sua expressão corrompida podendo provocar alteração e rejeição de suas funções.

Planetas em Exílio ou em Queda são considerados debilitados, pois tornam difíceis os assuntos relacionados a eles, havendo mais obstáculos e seus resultados podem ser duvidosos ou desastrosos. Estando exilado ou em detrimento, como um viajante longe de sua terra, torna-se totalmente à mercê de quem tem mais poder por onde transita sem poder demonstrar qualquer reação. 

Planetas Debilitados

Diz-se que um planeta está debilitado quando ele ocupa um signo ou uma casa onde não tenha dignidades, ou seja, suas funções tornam-se comprometidas sendo mal utilizadas ou negligenciadas resultando em insatisfação ou não elaboração dos seus significados.

Um planeta debilitado não permite utilizar seus significados de modo eficaz e pode até mesmo usar essas energias de modo negativo, causando atrasos, obstáculos, dificuldades. O assunto que eles representam só progridem diante de muito esforço ou não prosperam. Da mesma forma, qualquer planeta que se liga por aspecto a planetas debilitados tornam-se igualmente prejudicados na expressão de seus assuntos.

Em um mapa natal os planetas debilitados podem ser compensados por outros planetas ou pontos minimizando seus efeitos, o que não é possível na astrologia horária ou eletiva. Um planeta em Exílio ou Queda pode converter sua situação se ocupar uma casa benéfica e receber aspectos harmônicos de planetas em situação benéfica. Um caso típico é quando ele está sitiado por planetas benéficos.

  • Igualmente são considerados debilitados os planetas que não encontram nenhuma dignidade em um signo, sendo chamados de Peregrinos. Essa debilidade pode ser reduzida em algumas situações específicas.
  • Se estiver num lugar onde não tem qualquer dignidade por domicilio, exaltação, triplicidade, termo e face mas houver uma recepção mútua, pode reduzir sua debilidade dando-lhe uma troca de status com uma de suas dignidades, mesmo que continue peregrino.
  • São considerados debilitados ainda os planetas em casas cadentes (03, 06, 09 e 12) e aqueles que se ligam a eles por aspecto, exceto Lua na casa 3, Marte na casa 6, Sol na casa 9, Saturno na casa 12, porque esses são locais onde tem seu júbilo tal como Júpiter na 11 e Mercúrio na 1.
  • Também é considerado debilitado o planeta combusto, ou seja, 8° antes ou depois do sol, porque se diz que o Sol queima as funções do planeta bem como o planeta Feral, ou seja, que não faz nenhum aspecto maior com outros planetas e estando isolado, age numa só direção, por um só objetivo e não conta com o apoio.
  • Também são considerados debilitados os planetas retrógrados. Quando há muitos planetas retrógrados em um mapa indica um início de vida difícil que retarda a expressão do planeta. Se os planetas retrógrados estiverem em aspecto difícil com os planetas pessoais, especialmente envolvendo o Ascendente ou o seu regente, a pessoa pode sentir-se exilada, desconectada de seu meio e solitária.
  • Quando um mapa possui quatro ou mais planetas retrógrados, sendo pelo menos dois pessoais, é indicador de desenvolvimento tardio dos significados do planeta, que podem florescer tardiamente e se manifestar somente na maturidade em forma de talentos, habilidades e oportunidades. Ou pode indicar que a pessoa é moldada segundo suas próprias convicções sem influência externa.
  • Um planeta sitiado por Saturno/Marte, ou seja, entre os dois, se separando de um e juntando-se ao outro, sem estar em recepção perfeita, é considerado debilitado, pois só se permite a recepção igual.
  • Qualquer planeta pode converter sua energia, por exemplo, Marte pode estar em seu domicilio ou exaltação e atuar de modo negativo se ocupar uma casa maléfica ou receber aspectos tensos de outros planetas em situação maléfica. Por exenplo:
  • Marte na casa 1 ou em Áries está em seu domicílio e portanto, está dignificado: tem iniciativa, é empreendedor e decidido. Porém se Marte estiver em mal aspecto ou receber aspecto de planetas debilitados tenderá a acidentes graves.
  • Marte na casa 10 ou em Capricórnio está na sua exaltação e portanto, está dignificado, se dedica com iniciativa, é empreendedor na profissão e carreira, tem ações que o faz sobressair no mundo social e profissional. Porém se Marte estiver em mal aspecto pode ser envolvido em escândalos na vida social ou na profissão.
  • Marte na casa 7 ou em Libra está em detrimento e portanto, está debilitado, depende de alguém ou de um sócio que o incentive para a ação e também pode ser excessivamente competitivo. Se Marte estiver em mal aspecto pode estar em constante confronto com outras pessoas.
  • Marte na casa 4 ou em câncer está em queda e portanto, está debilitado, tende a querer mandar em casa e tomar decisões pela família, se torna um militante ou um torcedor fanático. Se Marte estiver em mal aspecto, pode estar em constante confronto com a família ou até mesmo ter sua casa incendiada.
Portanto não se pode julgar que um planeta será benéfico ou maléfico, tal qual Vênus e Júpiter, sem antes verificar:
  • a posição do planeta por signo e por casa,  
  • a situação do seu dispositor, pois se este estiver em uma condição ruim igualmente poderá prejudicá-lo. 
  • se está angular ou em casas cadentes ou sucedentes. Planetas angulares tem ação mais proeminente e depende da posição do seu dispositor.  
  • os aspectos que o planeta recebe de outros planetas e a situação desses planetas.  
  • Um planeta em seu júbilo, segundo a Astrologia clássica, atua de forma benéfica. 
  • Um planeta conjunto ao Nodo Norte aumenta sua natureza e pode provocar excessos. 
  • Um planeta conjunto ao Nodo Sul, diminui e reduz os efeitos benéficos.

Bibliografia: 
Dorotheus de Sídon em seu livro “Carmen Astrologicum”

No signo de Peixes Vênus acumula mais pontos.
 Planeta regente: 5 pontos
Planeta em exaltação: 4 pontos
Planeta na Triplicidade:  3 pontos
Planetas nos Termos: 2 pontos
Planetas na face ou decanato: 1 ponto
Planeta em Exílio: menos 5 pontos
Planeta em Queda: menos 4 pontos

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por sua visita ao blog; desde já agradeço seus comentários. Ou mande-me um email: lu_ou_lucia@hotmail.com

Related Posts with Thumbnails

Follow by Email

Quero acompanhar este blog

Pesquisar este blog