janeiro 13, 2011

Retângulo Místico



Apesar do nome, não há nada místico sobre o retângulo místico, tanto quanto sabemos. Pertence à família dos aspectos relacionados ao número 3 e forma a imagem de um envelope fechado. Como o grande trígono, o retângulo místico é uma combinação de quatro planetas ligados por dois trígonos, dois sextis e por duas oposições que são fatores de complementaridade e coesão.

Parece haver uma estabilidade mais ampla e dinâmica que o Grande trigono. Os sextis indicam o foco da comunicação, enquanto a oposição dá uma visão mais ampla das coisas e visa integrar valores complementares e antagônicos à medida que a pessoa amadureça. Quanto aos trigonos, são fatores de estabilidade.
O que torna o Retângulo Místico interessante é que, apesar de externamente harmônico, esconde, no seu interior, as tensões geradas pelas oposições. Isto foi o que deu origem à designação de Místico, no sentido de guardar o secreto.

Esta configuração representa um esforço contínuo para transformar as tensões internas em harmonia sem permitir que elas transpareçam. Essas tensões constituem o fator estimulante e encorajador na busca de soluções. Em determinadas circunstâncias pode ser um fator que envolva jogo de cintura para enfrentar as adversidades.


O Retângulo Místico também pode ser formado por duas semiquadraturas e duas sesquiquadraturas e possui igualmente duas oposições no seu interior. Nesse caso, as influências das semi e sesquiquadraturas atuam de forma desagregadora incitando aos antagonismos. Contudo, neste caso, as tensões adicionais das oposições podem resultar em um estímulo extra que gera força para que a pessoa aprenda a lidar com esta configuração.


Muitas vezes precisamos contemporizar aquilo que desejamos com o que seja possível realizar. Assim podemos criar estratégias compensatórias que, inconscientemente, acobertam o conflito ao invés de resolvê-lo. É o caso, por exemplo, de uma pessoa que está vivenciando um mau relacionamento e sabe que precisa romper mas prefere manter o relacionamento a que está acostumada ao invés de se arriscar a um novo relacionamento. Assim, os verdadeiros conflitos são ocultados por uma benevolência, criando uma zona de conforto, da qual reluta em sair, até que o conflito se evidencia e quando estoura a pessoa não sabe como lidar com ele de forma satisfatória, porque nunca o reconheceu e nunca o enfrentou.

Quando há essa configuração no mapa natal é necessário reconhecer esses conflitos e resolvê-los, pois a energia cruzada indica força para superar obstáculos. Isso é particularmente possível quando um planeta em trânsito forma um grande trígono com dois planetas do retângulo, formando a imagem de um envelope aberto. Então toda gama de potenciais adormecidos se tornam conscientes e são expostos. É um momento altamente propício para aceitar os desafios que a vida impõe. Não reconhecer e não aceitar os desafios pode fazer perder excelentes oportunidades que poderiam se traduzir em prosperidade.


Cada um de nós tem um dom, um talento e potencial único que nos coloca em sintonia com o fluxo universal de abundância. A configuração que se forma, quando o envelope é aberto, nos mostra diferentes possibilidades de usarmos esse potencial e passar a utilizá-lo. Não reconhecer esse potencial é permitir ser levado a desafios que exigem a busca de forças internas jamais imaginadas. Porém aceitando-os, a vida se encarregará de levá-lo na direção de excelentes oportunidades.


As casas astrológicas das pontas dos retângulos assim como a casa ocupada pelo planeta que abre o envelope podem informar as áreas da vida que estarão sendo afetadas pelo transito. É o momento de sair da zona de conforto e ir em busca do que pede verdadeiramente o seu coração.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por sua visita ao blog; desde já agradeço seus comentários. Ou mande-me um email: lu_ou_lucia@hotmail.com

Related Posts with Thumbnails

Follow by Email

Quero acompanhar este blog

Pesquisar este blog